Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Colaborador de Bruno Fernades acusa ex-guarda-redes da morte de Eliza Samúdio

Lusa

  • 333

Contagem (Brasil), 22 nov (Lusa) - O arguido Luiz Henrique Romão, conhecido como "Macarrão", acusou em juízo, esta madrugada, o ex-guarda-redes do Flamengo Bruno Fernandes pelo desaparecimento de sua ex-amante Eliza Samúdio.

Em depoimento perante a juíza do Tribunal de Contagem, em Minas Gerais, "Macarrão" disse ter levado Eliza à região da Pampulha, em Belo Horizonte, onde a entregou a um desconhecido, seguindo ordens de Bruno.

Questionado se sabia o que aconteceria com Eliza ao entrega-la ao desconhecido, o arguido disse que "pressentia", segundo declarações divulgadas pela assessoria do Tribunal mineiro.