Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Coimbra: Metro Mondego avança com demolição de armazéns antigos por razões de segurança

Lusa

  • 333

Coimbra, 17 jul (Lusa) - A Metro Mondego anunciou hoje que armazéns devolutos situados no futuro traçado do metro, na Baixa cidade, vão ser demolidos por razões de segurança.

"Procedeu-se hoje à consignação da obra de empreitada referente às demolições das parcelas 39 a 42 na Baixa de Coimbra e canal da Linha do Hospital da Metro Mondego", anunciou a empresa em comunicado.

A Ramos Catarino, "empresa selecionada através de procedimento de contratação pública", irá intervir durante 90 dias na área destes antigos armazéns, entre as avenidas Aeminium e Fernão de Magalhães, "que se encontram no perímetro do traçado" do Sistema de Mobilidade do Mondego.