Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Coimbra: Irmandade espanhola apela à salvaguarda do claustro de Santa Clara-a-Nova

Lusa

  • 333

Coimbra, 08 jun (Lusa) -- A Irmandade de Santa Isabel de Saragoça (Espanha) apelou às "autoridades conimbricenses e portuguesas" para que façam "todos os esforços" para evitar a "derrocada do claustro" do Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, em Coimbra.

O apelo foi feito através de carta dirigida ao presidente da Confraria da Rainha Santa Isabel (CRSI), António Rebelo, na sequência da deteção de infiltrações de água, particularmente na galeria superior da ala norte do mosteiro, que está sob "ameaça de ruína", segundo alertou, em 15 de maio, aquele responsável.

Na mensagem ao presidente da CRSI (entidade proprietária do monumento), a congregação espanhola reconhece que "são difíceis os tempos, economicamente falando", mas acredita que todos os esforços serão feitos "para que os espaços em redor do venerando sepulcro da Rainha Santa não fiquem em perigo".