Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Coimbra: Cancelamento dos compromissos do Estado põe fim a investimento de 20ME em habitação social

Lusa

  • 333

Coimbra, 28 jun (Lusa) - O município de Coimbra revelou hoje que a decisão do Governo de cancelar os programas de financiamento à habitação social põe em causa investimentos da ordem dos 20 milhões de euros, uma parte já adjudicada a empresas.

Em conferência de imprensa, o vereador com o pelouro da habitação na autarquia, Francisco Queirós, eleito pela CDU, adiantou que empreitadas no montante de dois milhões de euros, para reabilitação de fogos, já estão adjudicados, e o seu cancelamento poderá conferir às empresas direito a uma indemnização.

O autarca revelou que na quarta-feira, numa sessão em Coimbra, o presidente do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU) assumiu que não haveria financiamentos para os seus programas, quando a autarquia tinha um acordo com aquele organismo, desde 2005, para a construção de 544 fogos, além de outros, de recuperação dos construídos.