Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

COI a salvo da "crise", com 901 milhões de dólares em caixa

Lusa

  • 333

Buenos Aires, 08 set (Lusa) -- O Comité Olímpico Internacional (COI) dispunha de 901 milhões de dólares em caixa no fim de 2012, o que coloca o organismo a coberto do eventual cancelamento de uma edição dos Jogos Olímpicos, anunciou hoje o presidente, Jacques Rogge.

O belga, que vai deixar a presidência do COI na terça-feira, após 12 anos na presidência, precisou que as reservas do organismo passaram de 105 milhões de dólares em 31 de dezembro de 2001 para 901 milhões (perto de 684 milhões de euros) no fim do ano passado.

"Esta reserva, que está diretamente relacionada com uma política de salvaguarda prevenindo a anulação de uma edição dos Jogos, assegura o normal funcionamento do COI em caso de crise", assinalou Jacques Rogge em Buenos Aires, palco da 125.ª assembleia-geral do organismo olímpico.