Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Código do Trabalho: CGTP apela ao PS para não ser cúmplice e juntar-se a pedido de fiscalização da constitucionalidade

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 jun (lusa) - O líder da CGTP-IN, Arménio Carlos, argumentou hoje que se o PS não participar na defesa da inconstitucionalidade do Código do Trabalho está a ser cúmplice com normas que colocam em causa "a parte mais frágil na relação do trabalho", os trabalhadores.

"Não participar neste processo, naturalmente, é entrar num situação de cumplicidade com as normas que neste momento querem impor aos trabalhadores portugueses", afirmou Arménio Carlos aos jornalistas após uma reunião com o grupo parlamentar do BE.

Os deputados dos grupos parlamentares do PCP, BE e PEV anunciaram hoje que vão avançar para o Tribunal Constitucional com um pedido de fiscalização da constitucionalidade do Código do Trabalho.