Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Clubes portugueses "a dormir" quanto à formação de talentos no Brasil

Lusa

  • 333

Porto Feliz, Brasil, 21 out (Lusa) - Os clubes portugueses estão a perder terreno na observação e contratação de jovens talentos nas academias de formação brasileiras, "viveiros" que alteraram a forma como funciona o mercado do "futebolista brasileiro".

"Numa conversa que tive com colegas de trabalho que estão em Portugal comentava que achava estranho os clubes portugueses não virem captar mais jogadores no Brasil, porque o Brasil continua a ter jogadores de grande qualidade", disse o português Renato Matos, coordenador de prospeção e captação do Desportivo Brasil, em entrevista à agência Lusa.

O Desportivo Brasil é uma das principais academias de formação de futebolistas no Brasil, campeão sub-17 no Estado de São Paulo, um dos mais competitivos do país, e só forma atletas sub-15, sub-17 e sub-20, que depois coloca em clubes de primeira linha, com o direito a uma percentagem dos passes.