Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Clinton aceita recomendações de inquérito sobre ataque a consulado em Benghazi

Lusa

  • 333

Washington, 19 dez (Lusa) - A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, afirmou, na noite de terça-feira, aceitar "cada uma" das 29 recomendações efetuadas no âmbito de um inquérito sobre o ataque ao consulado em Benghazi, o qual apresentava "falhas" de segurança.

A investigação independente levada a cabo sobre o atentado contra o consulado norte-americano em Benghazi, na Líbia, a 11 de setembro, revelou que existiam falhas de segurança antes do ataque ter tido lugar, cuja culpa é atribuída ao Departamento de Estado, segundo parte do relatório não classificada tornada pública na noite de terça-feira.

O relatório, que Hillary Clinton recebeu na passada segunda-feira, tece duras críticas ao Departamento de Estado nomeadamente por causa da "falta de pessoal experiente e com credenciais" para garantir a segurança do consulado, que estava protegido basicamente por "milícias locais".