Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CJ da FPF revoga acórdãos que ditaram descida do Boavista por prescrição

Lusa

  • 333

Lisboa, 21 fev (Lusa) -- O Conselho de Justiça da FPF decidiu hoje dar provimento ao recurso do Boavista, com fundamento na prescrição do procedimento disciplinar que ditou a descida de divisão do clube.

Segundo o acórdão do CJ a que a agência Lusa teve acesso, tal decisão poderá permitir ao Boavista requerer junto da Liga de Clubes a sua inscrição no primeiro escalão do futebol português e a FPF arrisca o pagamento de uma avultada indemnização, caso o clube "axadrezado" recorra aos tribunais para ser ressarcido dos danos causados pela descida de divisão.

A decisão do CJ, na qual o vice-presidente Sampaio e Nora votou vencido, além de conceder provimento aos recursos, fundamentados na prescrição do procedimento disciplinar, revoga os acórdãos anteriores do Conselho de Disciplina e do Conselho de Justiça em funções à altura.