Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Citrinos voltam a ser produzidos na província moçambicana de Manica após anos de cultura de tabaco

Lusa

  • 333

Chimoio, Moçambique, 16 out (Lusa) - A província de Manica, no centro de Moçambique, vai voltar a produzir citrinos, após anos de inatividade, resultante da substituição de pomares por tabaco, numa iniciativa para aumentar o rendimento da população, disse hoje à Lusa fonte oficial.

O projeto, cuja fase piloto será executada no distrito de Barué, prevê fomentar, através de pequenos agricultores associados, um milhão de mudas de laranjeiras e limoeiros, nos próximos cinco anos. A iniciativa inclui a distribuição de 12 mil mudas de líchia aos agricultores de Inhazonia, Nhamuzarara e Munene.

"O Governo reforçou o incentivo para a fruticultura, sobretudo citrinos. Em coordenação com as autoridades de agricultura vamos distribuir mudas aos pequenos agricultores que já estão a ser formados em sanidade vegetal e gestão de pomares", disse à Lusa Piter Waziwei, presidente do subcomité da bacia de Inhazonia (Barué).