Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CIP insta Governo a explicar às empresas pagamento em duodécimos no privado

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 jan (Lusa) -- O presidente da Confederação Empresarial de Portugal -- CIP, António Saraiva, reconheceu hoje não perceber a intenção do Governo ao avançar com uma proposta de pagamento de metade dos subsídios em duodécimos no privado este ano e exige explicações ao Executivo.

"A questão dos duodécimos é uma questão que eu próprio não entendo. Não entendemos que o Governo, tendo subscrito a pretensão da CIP e de outras confederações - de diluir os 14 salários anuais em 12 meses - venha depois, em legislação, dizer que o trabalhador pode escolher entre uma ou outra opção. Se é dado a opção ao trabalhador então qual é a intenção dos duodécimos?", disse António Saraiva, em jeito de exclamação, no final de um encontro com a CGTP, na CIP, em Lisboa.

Instou por isso o Governo a explicar ao país e, em particular, às empresas, o que pretende com a nova medida.