Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CIP está disponível para discutir aumento do salário mínimo em "base credível"

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 mar (Lusa) - O presidente da Confederação Empresarial de Portugal - CIP, António Saraiva, afirmou hoje que "está disponível para discutir" o aumento do salário mínimo, mas "numa base credível", definindo regras que protejam os setores mais expostos à concorrência internacional.

"Não faz sentido discutir o salário mínimo apenas para um ano. Estamos disponíveis para discutir, numa base credível e em que as partes se revejam, definindo regras para setores que, estando mais expostos à concorrência internacional, vão ser mais afetados por esse possível aumento que possa vir a ocorrer", afirmou António Saraiva à entrada para a reunião da concertação social, em Lisboa.

Um exemplo de setores que devem ser protegidos apontado pelo representante da CIP foi "a confeção dentro [do setor] têxtil", com António Saraiva a considerar que essa proteção deve ser feita "ou não aumentando [o salário mínimo] nesses setores ou encontrando formas de compensar o aumento que venham a sofrer".