Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CIP e CGTP em desacordo sobre aumento do Salário Mínimo Nacional

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 jan (Lusa) -- A Confederação Empresarial de Portugal -- CIP admitiu hoje entender a reivindicação da CGTP sobre o aumento do Salário Mínimo Nacional (SMN), mas reconheceu que as empresas não estão em condições financeiras para aumentar salários em 2013.

"Está na hora de discutirmos seriamente este tema, até porque compreendo que é importante para as famílias no quadro social em que o país se encontra, mas não podemos desligar-nos de outros temas igualmente importantes para as empresas", afirmou o presidente da CIP, António Saraiva, após um encontro com a CGTP.

António Saraiva considerou que "tentar discutir aumentos salariais num quadro de empresas que estão à beira da falência é uma falsa questão".