Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cimeira das Lajes/10 Anos: Ana Gomes lamenta ligação de Portugal a "conselho de guerra"

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 mar (Lusa) -- A eurodeputada Ana Gomes lamenta que Portugal tenha ficado associado à Cimeira das Lajes, um "conselho de guerra", recordando que ficou "chocada" com as justificações "de subserviência" apresentadas em 2003 para fundamentar o alinhamento com os Estados Unidos.

Regressada de Jacarta (Indonésia), onde foi embaixadora de Portugal, Ana Gomes assumia a 10 de fevereiro de 2003, cerca de um mês antes da Cimeira das Lajes, o cargo de secretária nacional para as Relações Internacionais do Partido Socialista (PS), então a principal força da oposição.

A 16 de março de 2003, a Base das Lajes, na ilha Terceira (Açores), recebeu a cimeira que ditou o início da guerra no Iraque. O então Presidente norte-americano George W. Bush e os chefes do Governo britânico e espanhol da época, Tony Blair e José Maria Aznar, respetivamente, foram recebidos na ilha açoriana por Durão Barroso.