Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CIM Alto Minho quer municípios maioritários nas gestão das empresas de lixo da região

Lusa

  • 333

Viana do Castelo, 08 abr (Lusa) - A Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho anunciou hoje que vai pedir ao Governo que autorize a compra, pelos municípios, de 02% do capital social das empresas de resíduos da região face à privatização daquele setor.

A proposta, aprovada pelo conselho executivo da CIM, surge depois de outras idênticas por parte dos municípios acionistas (49%) nas empresas Resulima, que gere a área dos resíduos dos seis municípios do vale do Lima e baixo Cávado (distrito de Braga) e o aterro de Viana do Castelo, e ValorMinho, responsável pela mesma gestão nos seis concelhos do vale do Minho e pelo aterro de Valença.

Em qualquer uma destas empresas, a maioria do capital (51%) é detida pelo Estado, através da Empresa Geral do Fomento (EGF), cuja privatização está prevista pelo Governo durante o ano de 2013.