Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cientistas associam níveis elevados de açucar no sangue a problemas de memória

Lusa

  • 333

Berlim, 25 out (Lusa)- As pessoas com níveis elevados e permanentes de açúcar no sangue têm mais problemas de memória do que os que registam menores taxas, conclui um estudo do Hospital Universitário de Berlim, na Alemanha.

Para chegar a esta conclusão, uma equipa de médicos, liderados por Agnes Flöel, chefe do serviço de Neurologia Cognitiva do Centro de Investigação Clínica Neurocure, examinou a capacidade de memorização de 141 doentes com uma idade média de 63 anos.

Durante o estudo, foram realizados diferentes testes de memória, que consistiam, por exemplo, em recordar durante meia hora uma lista de quinze palavras, análises aos níveis de açúcar e ressonâncias magnéticas ao hipocampo, uma das zonas do cérebro mais importante para a memória.