Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CIDH culpa a Venezuela pelo homicídio de jovem pela polícia

Lusa

  • 333

Caracas, 13 out (Lusa) - A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) publicou hoje uma sentença em que culpa o Estado venezuelano pelo homicídio, em 2001, de um jovem pelas forças policiais e exorta as autoridades a investigarem o caso.

Na sentença de 90 páginas, a CIDH defende que a polícia venezuelana efetuou uma rusga "sem ordem judicial e com recurso à violência na casa da família Uzcátegui" e que os agentes da polícia "usaram armas de fogo contra Néstor José Uzcátegui (de 21 anos), provocando a sua morte", no estado venezuelano de Falcón, a oeste de Caracas.

Segundo a CIDH, o homicídio ocorreu "sem que tivesse sido demonstrada a legitimidade e, no seu caso, a necessidade e proporcionalidade do uso de força letal" e culpa a Venezuela por violação do direito à vida do jovem e dos direitos à integridade pessoal, liberdade pessoal, de expressão, à vida e propriedade privada dos membros da família.