Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cidadãos de Boticas impugnam protocolo entre câmara e Fundação Nadir em tribunal

Lusa

  • 333

Boticas, 03 set (Lusa) -- Um movimento de cidadãos de Boticas, que hoje se manifestou contra a celebração de um protocolo entre a câmara e a Fundação Nadir Afonso, avançou à Lusa que vai interpor uma providência cautelar para travar o processo.

O protocolo de colaboração entre a Câmara de Boticas e a Fundação Nadir Afonso, aprovado hoje em Assembleia Municipal com cinco votos contra, pressupõe a criação de um Parque das Artes nesta vila de Trás-os-Montes, no distrito de Vila Real, o qual integra o Centro de Artes Nadir Afonso, jardim público e áreas envolventes, parque de estacionamento subterrâneo e hotel.

Na qualidade de proprietário, o município assumirá a gestão e manutenção do edifício (limpeza, segurança, vigilância, telecomunicações, água e luz) e atribuirá, anualmente, 45 mil euros à Fundação Nadir Afonso para a realização de, pelo menos, três exposições (15 mil euros por cada).