Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciclo eleitoral é "o maior inimigo" da floresta em Portugal - pres.executivo Portucel

Lusa

  • 333

Porto, 20 nov (Lusa) -- O presidente executivo do grupo Portucel Soporcel, José Honório, apontou hoje o "ciclo eleitoral" como "o principal inimigo" da floresta portuguesa, pela qual considera que "há mais de 20 anos não se faz rigorosamente nada".

"A floresta portuguesa tem imensas oportunidades e potencialidades, mas há mais de 20 anos que não se faz rigorosamente nada por ela, porque mexer na floresta implica 10/15 ou mais anos para ver resultados e é muito difícil ter atenção política para problemas estruturais", afirmou o responsável durante o seminário internacional "Floresta & Sociedade", que termina hoje no Porto.

Salientando que "39% do território nacional é floresta" e que as indústrias florestais em Portugal são responsáveis por 140 mil empregos, José Honório recordou que, até setembro, o setor foi responsável por 9,2% das exportações nacionais de bens.