Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciclista António Amorim suspenso devido à irregularidades no passaporte biológico

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 jul (Lusa) - O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC) decidiu hoje suspender o ciclista António Amorim por dois anos, devido à violação das normas do passaporte biológico.

O órgão disciplinar da FPC deliberou aplicar uma pena de dois anos da atividade desportiva a António Amorim, que estava suspenso preventivamente, no âmbito deste processo, desde 11 de março, sendo descontado este período à pena de suspensão, que, assim, termina no dia 14 de abril de 2015.

Além da suspensão, o ciclista da LA-Antarte vê anulados todos os resultados desportivos nas provas em que participou desde 24 de julho de 2010, data do primeiro resultado anómalo do perfil hematológico do corredor.