Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciclismo: Volta à França é "locomotiva" da modalidade num país sem ídolos -- ex-diretor da prova

Lusa

  • 333

Anadia, 07 jul (Lusa) - O antigo diretor da Volta à França, Jean-Marie Leblanc, disse hoje que o "Tour" é como uma "locomotiva" para o ciclismo naquele país, onde não existem, atualmente, grandes referências individuais da modalidade.

Intervindo durante o Congresso Internacional de Ciclismo - Pistas para o Futuro, que hoje termina em Anadia, Jean-Marie Leblanc analisou o papel da prova enquanto dinamizadora do ciclismo desportivo e do ciclismo em geral.

"É como uma locomotiva para o ciclismo", afirmou o francês, de 67 anos, que chegou a disputar a Volta a Portugal nos anos 70, antes de abraçar, durante 12 anos, a carreira de jornalista.