Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ciclismo: Congressista dos EUA questiona legitimidade da USADA no caso de Armstrong

Lusa

  • 333

Austin, Texas, 13 jul (Lusa) -- Um congressista norte-americano admitiu hoje a existência de uma "teoria da conspiração" no processo por suspeita de doping instaurado pela Agência Norte-Americana Antidopagem (USADA) ao ciclista Lance Armstrong, sete vezes vencedor da Volta a França.

James Sensenbrenner enviou uma carta às autoridades responsáveis pela política de controlo de drogas, na qual questiona os 10 milhões de dólares de dinheiros públicos dados anualmente à USADA, os procedimentos do organismo, as queixas feitas a atletas por alegadas violações ao código de substâncias proibidas.

O congressista republicano do Wisconsin quer ainda saber se a USADA tem sido alvo de supervisão regular.