Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chumbo/TC: Moody's vai esperar pelas alternativas do Governo, mas ajustamento tem de continuar

Lusa

  • 333

Lisboa, 10 abr (Lusa) -- A agência de notação financeira Moody's garante que vai esperar pelas alternativas que o Governo irá apresentar para compensar o chumbo do Tribunal Constitucional antes de decisões sobre o 'rating', mas defende que o ajustamento tem de continuar.

Em entrevista à Lusa, a vice-presidente e principal analista que acompanha Portugal na Moody's, Kathrin Muehlbronner, explicou que na opinião da agência o chumbo do TC a quatro medidas do Orçamento do Estado para 2013 (entre elas a suspensão dos subsídios de férias) é "claramente um revés para o governo", mas a agência vai esperar "por maior clareza sobre as alternativas do Governo antes de tomar uma decisão".

"Não iremos 'a correr' tomar uma decisão sobre o 'rating' nos próximos dias devido à decisão do Tribunal Constitucional. (...) Temos que esperar para ver quais são as medidas alternativas que o Governo propõe, depois tem de as acordar com a 'troika, e só depois faremos uma análise", afirmou à Agência Lusa a analista da Moody's numa entrevista em Lisboa, onde esteve para uma conferência da agência com analistas.