Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chrysler acata decisão de segurança dos EUA para verificar 2,7 milhões de Jeeps

Lusa

  • 333

Nova Iorque, 18 jun (Lusa) - O construtor alemão Chrysler anunciou hoje que vai cumprir o pedido da agência de segurança rodoviária norte-americana (NHTSA) e chamar 2,7 milhões de veículos 4x4 da marca Jeep devido a riscos de incêndio.

A Chrysler, subsidiária da italiana FIAT, e a NHTSA resolveram o diferendo que as opunha e o fabricante automóvel vai lançar uma "campanha voluntária" para os veículos em questão, que incluirá uma inspeção e, caso necessário, modificações na estrutura traseira, refere um comunicado da Chrysler.

Desde o início deste mês que a Chrysler mantém um braço de ferro com a NHTSA, que exigia que mandasse chamar os Jeep Grand Cherokee, com modelos de 1993 a 2004, e os Jeep Liberty, modelos de 2002 a 2007, num total de 2,7 milhões de veículos.