Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chipre: Rússia receia que crise desestabilize o euro

Lusa

  • 333

Moscovo, 25 mar (Lusa) - A Rússia receia que a situação no Chipre possa afetar a estabilidade do euro e da zona euro, declarou hoje Igor Chubalov, vice-primeiro-ministro russo.

"Trata-se de um país da zona euro, um país da UE. Lamentamos que esses problemas aconteçam, porque não é um problema do Chipre. Não obstante todas as garantias que recebemos da Comissão Europeia, receamos que isso possa afetar a estabilidade do euro, da zona euro e aumentará a onda de deterioração da situação em geral", precisou Chubalov depois de um encontro com Dmitri Medvedev, primeiro-ministro russo.

Chubalov acrescentou que a Rússia vai acompanhar atentamente esta situação, porque a sua economia está virada para a exportação e frisou que Moscovo só irá tomar medidas depois de ver os acordos assinados pelo Chipre com a União Europeia.