Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chipre "muito perto" de pedir resgate económico, admite presidente

Lusa

  • 333

Redação, 22 nov (Lusa) - O presidente do Chipre, Dimitris Christofias, admitiu hoje que o país está "muito perto" de pedir um resgate económico, posição corroborada pelo ministro das Finanças.

As "muito pequenas" diferenças entre o país e os futuros credores da 'troika' deverão ser ultrapassadas "muito em breve", disse Dimitris Christofias em texto divulgado em Nicósia, capital do Chipre.

O governante das Finanças, Vassos Shiarly, disse também hoje que o Chipre precisa de 17 mil milhões de euros até 2016, sendo que 10 mil milhões consistem em necessidades do setor bancário do país.