Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chipre: Fitch avisa que situação pode implicar descida no teto do 'rating' dos países do euro

Lusa

  • 333

Lisboa, 21 mar (Lusa) - A agência de rating Fitch considerou hoje que a imposição de uma taxa sobre os depósitos bancários em Chipre constitui um "precedente" que aumenta o risco de contágio e pode implicar uma descida do teto do 'rating' na zona euro.

Num comunicado hoje divulgado, a Fitch refere que apesar de "não esperar que a instabilidade cipriota se propague aos outros sistemas bancários europeus", considera que "qualquer ajuda que inclua uma taxa sobre os depósitos bancários envolve os aforradores e inevitavelmente aumenta o riso de contágio no seio da zona euro".

No comunicado, a Fitch refere ainda que além de um "precedente", a imposição da taxa sobre os depósitos no Chipre é, de facto, uma restrição à liberdade de movimentos de capitais na zona euro e avisa que vai rever a atribuição do limite da notação máxima de "AAA" a todos os países da zona euro, exceto para a Grécia, caso outras formas de controlo de movimentos de capitais sejam introduzidas no programa de ajuda da troika a Chipre.