Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chipre: Anunciado inquérito sobre a crise bancária e Presidente decide reduzir salário

Lusa

  • 333

Nicósia, 28 mar (Lusa) -- O Governo cipriota nomeou hoje uma comissão para investigar eventuais atos criminais que conduziram ao colapso dos bancos da ilha mediterrânica, indicou um conselheiro do Presidente, anunciando que este vai reduzir o seu salário em 25%.

O grupo de trabalho será responsabilizado por determinar se existem "responsabilidades criminais, civis ou políticas" na origem da crise bancária, indicou aos 'media' o subsecretário da presidência, Constantinos Petrides, antes de anunciar que o chefe de Estado decidiu reduzir o seu salário em 25%.

A comissão de inquérito será integrada por George Pikis, Panayiotis Kallis e Yiannakis Constantinides, três antigos juízes do Supremo Tribunal.