Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

China vigiou e identificou aviões dos EUA em zona de defesa aérea

Lusa

  • 333

Pequim, 27 nov (Lusa) -- O Ministério chinês da Defesa revelou hoje ter "vigiado" e "identificado" os dois aviões da Força Aérea dos Estados Unidos que sobrevoaram a nova zona de defesa aérea do país que inclui as ilhas Senkaku/Diaoyu, disputadas por Pequim e Tóquio.

Num comunicado hoje divulgado, o mesmo departamento do Governo especifica que terça-feira "aviões norte-americanos sobrevoaram a zona área do Mar da China oriental. Voaram de sul para norte e de norte para sul e a cerca de 200 quilómetros a este das ilhas Diaoyu".

"A China tem capacidade para efetuar a vigilâncias e impor o controlo", refere o texto que não detalha possíveis represálias da ação dos bombardeiros B-52 dos Estados Unidos.