Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

China vai passar a ter pequenos e médios bancos privados

Lusa

  • 333

Pequim, 15 nov (Lusa) - A China vai permitir a abertura de pequenos e médios bancos de capital privado, prevendo fortalecer a regulação bancária, de acordo com a agência chinesa Xinhua, que cita um documento sobre as reformas económicas.

O extenso documento sobre as reformas na política económica chinesa, oficialmente intitulado "Uma decisão sobre os principais assuntos relacionados com reformas detalhadas e abrangentes", foi divulgado hoje e aprovado na segunda-feira, no final de uma reunião de quatro dias do plenário do Comité Central do Partido Comunista Chinês.

Entre outras decisões que começaram agora a ser divulgas está o abrandamento das restrições à 'política do filho único', a obrigatoriedade de entregar ao Estado 30% dos lucros das empresas de capitais públicos (um valor que agora ia até 15%) para "melhorar a vida das populações" e a permissão da entrada de mais empresas de capital privado no mercado para desenvolver uma economia mais liberalizada.