Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

China critica "pressão externa" sobre Macau em vésperas de eleições

Lusa

  • 333

Macau, China, 24 jul (Lusa) - A comissária-adjunta do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) chinês em Macau, Zhang Jinfeng, condenou na terça-feira a "interferência e intervenção" de instituições estrangeiras em assuntos internos locais, nomeadamente nas legislativas de setembro, sem especificar.

"Recentemente alguns representantes de instituições estrangeiras têm feito comentários de forma ativa sobre as eleições, dizendo isto e aquilo numa tentativa de exercer pressão" sobre Macau, disse Zhang Jinfeng perante um grupo de cerca de cem estudantes do ensino secundário durante uma visita ao Comissariado do MNE chinês no território, segundo a imprensa local de hoje.

A responsável teceu este comentário ao observar que as legislativas de 15 de setembro "são um dos eventos mais importantes deste ano" e que, por isso, os jovens com quem falava, apesar de não terem ainda idade para votar, "também devem estar preocupados com a eleição".