Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

China confirma que homem que incendiou autocarro comprou gasolina uns dias antes

Lusa

  • 333

Pequim, 11 jun (Lusa) -- As autoridades chinesas confirmaram hoje que o principal suspeito de incendiar um autocarro que provocou a morte a 47 pessoas, incluindo ao atacante, provocou o fogo com gasolina que comprou dias antes num posto de abastecimento de Xiamen.

O caso aconteceu sexta-feira quando um autocarro que circulava numa rua de Xiamen, sudeste da China, se incendiou provocando o ataque 47 mortos e 34 feridos.

Agora as autoridades chinesas confirmam que o principal suspeito do ataque, que morreu no incêndio, comprou a gasolina num posto da cidade e a guardou em casa até que sexta-feira lançou fogo ao autocarro quando também se encontrava no interior e no qual seguiam cerca de 90 pessoas.