Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

China condenou visita de ministros japoneses a santuário polémico em Tóquio

Lusa

  • 333

Pequim, 15 ago (Lusa) -- O Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês "condenou firmemente" a visita realizada hoje por dois ministros japoneses ao santuário Yasukuni, em Tóquio, considerado pelos vizinhos do Japão como símbolo do seu passado militarista.

O Governo chinês convocou o embaixador do Japão na China para lhe apresentar um protesto oficial no dia do aniversário da capitulação do Japão, em 1945, acrescenta o Ministério em comunicado.

A visita foi realizada pelo ministro do Interior e da Comunicação japonês, Yoshitaka Shindo, e pelo ministro responsável pelos assuntos relacionados com os sequestros de japoneses pela Coreia do Norte, Keiji Furuya, informou a agência Kyodo.