Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

China condenou mais de cinco milhões de pessoas nos últimos cinco anos

Lusa

  • 333

Pequim, 10 mar (Lusa) -- Os tribunais da China condenaram 5,2 milhões de pessoas entre 2008 e 2012, mais 25,5 % do que no período 2003-2007, disse hoje o presidente do Supremo Tribunal Popular, Wang Shengjun.

Do universo global, 1,86 milhões foram condenados em processos penais, designadamente por homicídio, roubo, rapto, tráfico humano e envolvimento em redes de crime organizado, indicou Wang Shengjun, no relatório apresentado à Assembleia Nacional Popular, cuja reunião anual decorre até ao próximo dia 17.

Ao discursar perante os cerca de 3.000 delegados que participam do encontro, no Grande Palácio do Povo, em Pequim, o presidente do Supremo Tribunal Popular apontou ainda que os tribunais têm sido cautelosos na aplicação da pena capital, garantindo que o Supremo reviu de forma rigorosa as sentenças decretadas nesse sentido.