Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

China apela à "calma e contenção" na península coreana

Lusa

  • 333

Pequim, 03 abr (Lusa) - A China apelou hoje à "calma e contenção" na península coreana, depois de as autoridades norte-coreanas terem bloqueado o acesso de trabalhadores sul-coreanos ao complexo industrial de Kaesong, junto à fronteira entre os dois países.

"Nas atuais circunstâncias, a China defende que todas as partes devem adotar uma postura de calma e contenção", disse um porta-voz do ministério chinês dos Negócios Estrangeiros, Hong Lei.

O bloqueio a Kaesong foi o último ato de uma contínua escalada norte-coreana, iniciada em dezembro com o lançamento de um míssil de longo alcance e acentuada em fevereiro com um teste nuclear, duas iniciativas condenadas pela China, o seu principal aliado.