Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chefe do Governo turco critica "lentidão imperdoável" das negociações adesão à UE

Lusa

  • 333

Praga, 04 fev (Lusa) -- O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, criticou hoje, em Praga, a União Europeia (UE), justificando com a lentidão "imperdoável" das negociações de adesão do seu país ao bloco dos 27 estados, noticia a AFP.

"Estamos à porta [da UE] desde 1959. As negociações oficiais para a adesão começaram em 1963. Tais atrasos são imperdoáveis", afirmou à imprensa, depois de uma reunião com o seu homólogo checo, Petr Necas.

"Nós entendemos que ainda nos falta fazer muito, mas penso que vários estados-membros não preenchem os critérios que a Turquia cumpre", salientou.