Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chefe da diplomacia palestiniana agradece apoio de Portugal na ONU

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 dez (Lusa) -- O ministro dos Negócios Estrangeiros da Autoridade Palestiniana, Riyad al-Malki, agradeceu hoje a Portugal por ter votado a favor da elevação do estatuto da Palestina a Estado observador não-membro da ONU, no dia 29 de novembro.

"O meu Presidente, Mahmud Abbas, insistiu em vir pessoalmente a Portugal na sua primeira visita a alguns países na Europa para dizer obrigado a Portugal, ao Governo, à liderança, ao povo e, em particular, ao ministro dos Negócios Estrangeiros, pela sua decisão de votar a favor da elevação do estatuto da Palestina como Estado observador na Assembleia-geral das Nações Unidas", declarou Malki no final de uma reunião com o seu homólogo português, Paulo Portas.

O ministro dos Negócios Estrangeiros português, que se dirigiu a Malki como chefe da diplomacia do "Estado observador da Palestina na ONU", disse que "Portugal apoiou a resolução (na ONU) por considerar que esta representa a melhor aposta na paz e também significa o reconhecimento da liderança da Autoridade Palestiniana, nomeadamente do Presidente Abbas na via diplomática, no diálogo e na renúncia ao uso ou defesa da violência".