Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Chanceler alemã aceitou demissão de ministra acusada de plágio em tese de doutoramento

Lusa

  • 333

Berlim, 09 fev (Lusa) -- A chanceler alemã, Angela Merkel, anunciou hoje que aceitou a demissão da ministra da Educação e Ciência da Alemanha, Annette Schavan, devido à polémica em torno do alegado plágio na sua tese de doutoramento.

"Com dor no coração, aceitei a demissão" de Annette Schavan, a "mais reconhecida e prestigiada ministra da Educação e Ciência" na história da Alemanha, disse Merkel, em conferência de impressa.

Annette Schavan era uma colaboradora próxima e amiga pessoal da chanceler alemã.