Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CGTP quer abordar situação de bolseiros de investigação com Governo

Lusa

  • 333

Porto, 21 fev (Lusa) -- O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse hoje que pretende discutir com o Ministério da Economia a situação dos bolseiros de investigação, não aceitando que algumas pessoas se encontrem nesta situação de forma prolongada.

Em declarações aos jornalistas após o encerramento do 11.º congresso da Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores Têxteis, Lanifícios, Vestuário, Calçado e Peles de Portugal (FESETE), Arménio Carlos afirmou que espera ser possível agendar para terça-feira da próxima semana uma reunião com o ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, e com o novo secretário de Estado do Emprego, Pedro Roque.

Para além das temáticas do aumento do Salário Mínimo Nacional, das portarias de extensão e da contratação coletiva, o secretário-geral da CGTP disse não aceitar "que estes trabalhadores, estes técnicos, estejam, nalguns casos há mais de 10 anos, numa situação de bolseiros quando estão a ocupar postos de trabalho permanentes".