Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CGD deixa de ser acionista da Galp com encaixe de 95 ME

Lusa

  • 333

Lisboa, 27 nov (Lusa) - A Caixa Geral de Depósitos (CGD) vendeu hoje, por 95,2 milhões de euros, a participação de 1% que tinha na Galp, englobada na alienação de parte da posição da italiana ENI na petrolífera, deixando de ser sua acionista.

A Eni pretendia vender no mercado um total de 5% do capital da Galp, mais a fatia de 1% que estava nas mãos do banco público português, mas acabou por alienar apenas 4% da sua posição na petrolífera, de acordo com o comunicado hoje divulgado pela empresa italiana.

Em resultado desta venda, a Eni encaixou 381 milhões de euros e a CGD recebeu 95,2 milhões de euros, tendo sido alienadas um total de 41,5 milhões de ações, abaixo do objetivo que estava fixado nas 49,8 milhões de ações.