Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CGD avança com cortes nos salários base em fevereiro e mantém reduções na parte variável

Lusa

  • 333

Lisboa, 21 fev (Lusa) -- A CGD já está a avisar os trabalhadores de que vão sofrer cortes em fevereiro, cumprindo o Orçamento de 2013, apesar de ainda manter as reduções que fez noutras componentes remuneratórias para compensar a ausência de reduções nos salários base.

Segundo a nota interna da Caixa Geral de Depósitos (CGD), a que a Lusa teve acesso, "as remunerações totais ilíquidas mensais superiores a 1.500 euros vão ser reduzidas entre 3,5% e 10%, a partir de 1 de janeiro de 2013".

No entanto, uma vez que em janeiro as remunerações foram pagas ainda sem cortes, a CGD terá de fazer esse acerto, o que ainda não acontecerá este mês.