Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cerca de metade das crianças com paralisia cerebral estão desnutridas - especialista

Lusa

  • 333

Lisboa, 19 mar (Lusa) -- Quase metade das crianças com paralisia cerebral estão desnutridas devido à dificuldade que têm em alimentar-se e a serem alimentadas, o que poderia ser evitado com uma intervenção cirúrgica mais precoce, defendeu um especialista.

Daniel Virella, da comissão executiva da Unidade de Vigilância Pediátrica da Sociedade Portuguesa de Pediatria (SPP), falava a propósito do relatório sobre as crianças com paralisia cerebral, nascidas entre 2001 e 2003, no âmbito da vigilância nacional da doença aos cinco anos.

O Programa de Vigilância Nacional de Paralisia Cerebral aos 5 anos (PVNPC5A) recebeu, até 30 de junho de 2012, 658 notificações correspondentes a 576 casos nascidos em 2001, 2002 e 2003.