Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cerca de 25 mil alunos impedidos ir à escola por causa da greve da Rodoviária do Tejo - empresa

Lusa

  • 333

Lisboa, 26 out (Lusa) -- Cerca de 25 mil alunos ficaram hoje impedidos de ir à escola devido à greve dos trabalhadores da Rodoviária do Tejo, que não cumpriram os serviços mínimos, revelou hoje a empresa.

"Cerca de 25 mil alunos não puderam ir à escola. Quem tem viatura própria conseguiu, quem não tem não pôde ir", disse à Lusa fonte oficial da Rodoviária do Tejo, que opera nas zonas de Leiria, Torres Novas, Santarém e Caldas da Rainha.

Contactado pela Lusa, Sérgio Monte, secretário-geral do SITRA - Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes disse que a adesão "foi superior a 90 por cento", algo que "surpreendeu a empresa, mas os trabalhadores foram confrontados com cortes relativos ao trabalho suplementar".