Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Cerca de 200 inquilinos protestaram contra nova lei do arrendamento

Lusa

  • 333

Lisboa, 07 fev (Lusa) -- Cerca de 200 pessoas concentraram-se hoje em frente ao Ministério do Ordenamento do Território, em Lisboa, para protestar contra a nova lei do arrendamento urbano, em vigor desde novembro de 2012 e responsável pela subida de muitas rendas.

Na manifestação, convocada pela Associação de Inquilinos Lisbonenses (AIL) e em que participaram igualmente representantes da Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas, da Inter-Reformados, o Movimento Unitário de Reformados, Pensionistas e Idosos, e da União dos Sindicatos de Lisboa (afeta à CGTP), a maioria dos presentes era idosa.

Em declarações à Lusa, o presidente da direção da AIL, Romão Lavadinho, explicou que o objetivo do protesto foi "exigir ao Governo, ao Presidente da República e à Assembleia da República que a lei seja revogada", bem como a legislação complementar entretanto publicada.