Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ceramistas moçambicanos usam o barro para mostrar relações amorosas

Lusa

  • 333

Maputo, 06 out (Lusa) - A mais prestigiada ceramista moçambicana, Reinata Sadimba, e o artista contemporâneo Mapfara inauguraram esta semana a exposição "Vozes da terra", num encontro de gerações sobre as vivências e "relações amorosas".

Reinata Sadimba e Mapfara (nome artístico de António Horácio Sito) representam duas correntes de gerações de artistas moçambicanos, que usam o mesmo material nas suas esculturas: o barro, inspirado na cultura makonde.

Na exposição "Vozes da terra", Reinata Sidimba mostra as suas vivências, em obras singulares da cultura tradicional makonde, enquanto Mapfara, um autodidata, exibe o que considera "a relação entre as espécies e o ser humano em volta das relações" amorosas.