Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Centros históricos: Afetados pela crise, mas ainda alvo de aposta

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 mar (Lusa) - Os centros históricos, como a Baixa pombalina, em Lisboa, estão a sofrer com a crise, a nova lei do arrendamento ou as novas regras de faturação, mas há quem continue a apostar nestas zonas.

Na véspera do Dia Nacional dos Centros Históricos, o presidente da Confederação de Micro, Pequenas e Médias Empresas, João Pedro Soares, diz que a nova lei do arrendamento "está a pôr em causa a vivacidade" destas zonas.

No caso da Baixa, descreve, "a situação é trágica, porque as pessoas vão ter de aceitar a renda, sair já ou sair em cinco anos", apontando o desemprego e as ruas vazias como consequências do encerramento dos espaços comerciais.