Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Centro-Africana: União Africana suspende país e impõe sanções a rebeldes

Lusa

  • 333

Adis Abeba, 25 mar (Lusa) - A União Africana (UA) suspendeu a República Centro-Africana da organização e impôs sanções a sete responsáveis do movimento Séléka, que no domingo tomaram o poder no país e depuseram o presidente, François Bozizé.

"O conselho [de paz e segurança] decidiu suspender imediatamente a participação da República Centro-Africana (RCA) de todas as atividades da União Africana bem como impor sanções, nomeadamente restrição de viajar e congelamento de bens de dirigentes do Séléka", incluindo o seu líder, Michel Djotodia, anunciou hoje o comissário da Paz e Segurança da UA, Ramtane Lamamra.

"O Conselho pede a todos os Estados membros que tomem as medidas necessárias para isolar os autores desta mudança anticonstitucional de poder [...] para não lhe dar abrigo e para facilitarem a aplicação de quaisquer outras medidas decididas pela União Africana", acrescentou Ramtane Lamamra, que lia um comunicado no final de uma reunião do conselho, realizada hoje em Adis Abeba.