Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Centenas de escolas vão encerrar no sul da Tailândia devido a onda de violência

Lusa

  • 333

Banguecoque, 06 dez (Lusa) - Cerca de 380 escolas vão encerrar durante dois dias na província de Narathiwat, no sul da Tailândia, face ao agravamento da onda de violência perpetrada pelo movimento separatista no país, informou hoje a imprensa local.

A decisão ocorre depois de dois professores terem sido assassinados, esta semana, por alegados rebeldes independentistas em Yala e Narathiwat, que a par de Pattani formam parte da região de maioria muçulmana do país.

Mais de 5.300 pessoas, dezenas das quais professores, foram mortos na sequência da violência na região desde que os alegados insurgentes muçulmanos, integrados em meia dezena de grupos, retomaram a luta armada em 2004.