Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CDUP e Universidade do Porto chegam a acordo ao fim de nove anos

Lusa

  • 333

Porto, 21 nov (lusa) - O CDUP e a Universidade do Porto chegaram a acordo quanto à disputa judicial que vinham protagonizando desde 2003, do que resultará a requalificação do estádio universitário e a criação de uma entidade própria para gerir o desporto académico.

Na origem do caso esteve a recusa da Reitoria em apoiar a vertente de desporto federado do clube e em pagar as contrapartidas financeiras que lhe eram devidas no âmbito de um contrato de comodato sem termo, enquanto o CDUP, por sua vez, reclamava o pagamento dos valores em falta e insistia na manutenção do modelo desportivo que vinha tendo em funcionamento.

Luís Álvares Ribeiro, que foi o último presidente a exercer funções no CDUP (desde que a Reitoria deixou de indicar um nome para o cargo) e acompanha até hoje todo o processo, confirmou à agência Lusa que as partes chegaram a um entendimento e afirma-se "empenhado num clima de boa convivência", mas preferiu não comentar a situação "nesta fase dos procedimentos" - à semelhança do que defendeu também José Miguel Costa, atual presidente do Conselho Fiscal do clube.