Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

CDS/Congresso: Mesquita Nunes defende que nova revisão de metas sirva para baixar impostos

Lusa

  • 333

Lisboa, 20 jun (Lusa) - O dirigente do CDS-PP Adolfo Mesquita Nunes defendeu hoje que uma nova revisão das metas do ajustamento deveria servir para baixar impostos e que enquanto a diminuição da carga fiscal não for uma opção dificilmente haverá redução de despesa.

A propósito da moção de estratégia global ao XXV Congresso do CDS-PP "Dar prioridade à economia", que subscreveu, o também secretário de Estado do Turismo quis sublinhar à Lusa que defende o aumento do salário mínimo nacional apenas com o acordo de todos os parceiros sociais.

"As revisões de metas do programa nunca foram utilizadas para diminuir a carga fiscal. No fundo, mais tempo tem servido para fazer o mesmo. Se houver nova revisão ou flexibilização, seria positivo que ela servisse para nos permitir aumentar o rendimento disponível das famílias e das empresas", defendeu.